Benefícios e Contribuições da Musicalização

Caixinha Musical traz hoje os benefícios e contribuições que a Musicalização pode proporcionar às crianças dentro do âmbito escolar ou em uma Escola de Música.

Aprender música é algo maravilhoso e para a vida inteira!

Sabemos que a primeira infância é uma das fases mais importantes para se aprender, ou seja: dos 2 aos 6 anos de idade. É neste período que acontece o desenvolvimento das estruturas do cérebro e assim, a obtenção das capacidades necessárias para o aperfeiçoamento de futuras habilidades. Melhor dizendo: o momento certo para que a criança entre em contato com a música. Deixando claro que não estamos falando em torná-la um profissional da Música, mas sim de como desenvolver seu corpo e mente através da arte.

Dentro da Musicalização Infantil podemos afirmar que ela desenvolve a capacidade da apreciação musical e a sensibilização dos sons. E isso também pode ocorrer desde bebês em seus primeiros meses de vida.

A Musicalização infantil ajuda a melhorar a coordenação motora, facilita no aprendizado de matemática e desenvolve o raciocínio lógico. Também aprimora a concentração para que a criança se mantenha focada em uma atividade, além de contribuir para o desenvolvimento cerebral em atividades individuais ou em grupo.

Outros benefícios

Podemos elencar outros benefícios que a Musicalização pode trazer para as crianças:

  • Melhora a autoestima
  • Desperta a criatividade
  • Ajuda na superação de desafios
  • Aumenta a capacidade de memorização
  • Aguça a sensibilidade e a afetividade
  • Estimula a paciência e promove a auto disciplina

O ensino da Música e a Criança

É necessário deixar bem claro que estamos aqui destacando a Musicalização para o “fazer musical” dentro do universo escolar ou não. A ludicidade através de brincadeiras e atividades pode e deve encantar todas crianças. Salientando que o professor é quem irá proporcionar este encantamento.

Para desenvolver habilidades musicais a criança irá usar várias funções cerebrais que estimulam os dois lados do cérebro. Para exemplificar perceba que para tocar piano precisamos aprender a ler uma partitura com todos os seus símbolos, decifrando notas, claves, sons, silêncios, etc. Ao mesmo tempo, precisamos executar (tocar). Lembrando que esta “leitura” das notas e compassos sempre está muito à frente do que se toca. 

Outro ponto importante a reconhecer é que a Música beneficia no enriquecimento cultural da criança. Conhecer a diversidade de estilos musicais, sua história, sua época, sua cultura, seu país, contribui muitíssimo para este aprimoramento.

Então…que tal musicalizar nossas crianças?

Deixe um Comentário